Existem efeitos secundários negativos do óleo de lavanda?

Existem efeitos secundários negativos do óleo de lavanda?
Existem efeitos secundários negativos do óleo de lavanda?

As pessoas usam o óleo de lavanda para ajudá-los a relaxar ou adormecer. Também pode ajudar a tratar alopecia areata, depressão, demência, dores de cabeça, acne, dor nas articulações e dor após a cirurgia. No entanto, existem alguns possíveis efeitos colaterais negativos associados ao óleo de lavanda, especialmente quando este óleo essencial é usado por meninos.

Vídeo do dia

Possíveis efeitos secundários

Um dos efeitos colaterais mais sérios possíveis do óleo de lavanda é a possibilidade de causar crescimento de mama em meninos. No entanto, esse efeito colateral geralmente resolve alguns meses depois que os meninos param de usar o óleo de lavanda. O óleo de lavanda também pode irritar a pele ou causar uma reação alérgica, náuseas, dor de cabeça, calafrios ou vômitos.

Possíveis Interações

O óleo de lavanda pode ser venenoso se tomado por via oral. Também pode interagir com certos medicamentos. Estes incluem depressores do sistema nervoso central, barbitúidos e hidratantes clorais. Tirar o óleo de lavanda em combinação com esses tipos de medicamentos sedativos pode fazer com que você com excesso de sono, pois lavanda também causa relaxamento, tornando os efeitos desses medicamentos mais fortes.

Uso adequado

O óleo de lavanda não deve ser tomado por via oral. Use-o apenas por via tópica ou misturado com água quente e inalado. Ao usar topicamente, misture entre uma e quatro gotas em cada colher de sopa de óleo de base e, ao inalar, misture uma ou duas gotas em uma xícara de água fervente.

Aviso

Consumir óleo de lavanda pode ser tóxico. Sinais de toxicidade do óleo de lavanda incluem dor abdominal, vômitos, diarréia, visão turva, dor ardente na garganta, dificuldade em respirar e erupção cutânea. Ligue o controle de intoxicação imediatamente se este produto químico for engolido para determinar o tratamento adequado.